Integrantes da Esquadrilha da Fumaça concluem curso de piloto de demonstração

"A fase avançada consiste em executar toda a demonstração realizada com suas acrobacias e encaixes de acordo com a posição de voo."
Três aviadores da Esquadrilha da Fumaça concluíram o Curso de Piloto Operacional de Demonstração Aérea (PODA) em suas respectivas posições de voo nesta última semana de junho. O Major Marcelo Oliveira da Silva se formou na posição de número 1, que lidera a Esquadrilha, podendo revezar a posição, agora, com o Comandante da Fumaça, Tenente-Coronel Líbero Onoda Luiz Caldas. O Capitão Pedro Augusto Esteves se formou na Ala Esquerda Externa, número 5, podendo alternar a posição com o Capitão Nilson Rafael Oliveira Gasparelo. E o Capitão Felipe Caldoncelli Barra se formou na Ala Direita Externa, número 6, e poderá revezar com o Major José de Almeida Pimentel Neto.

Os três completaram a fase avançada do curso e, agora, estão preparados para participar de apresentações da Esquadrilha da Fumaça. A fase avançada consiste em executar toda a demonstração realizada com suas acrobacias e encaixes de acordo com a posição de voo. O treinamento é concluído após a realização de 60 missões para os pilotos novatos das posições de 5 e 6. Já para a posição de líder, foram 40 missões feitas, uma vez que o Major Marcelo já possuía experiência em demonstrações na Fumaça. Ele já voou na Ala Direita (#2) e como Isolado (#7).

Após receber os cumprimentos da equipe, o Major Marcelo agradeceu o apoio de todos. “Poder ter a experiência de voar em três posições na Fumaça, aumentando a operacionalidade do grupo, é muito gratificante. Agradeço o apoio do instrutor e de todos da equipe que foram fundamentais para sempre avançar e levar a Fumaça para frente”. Ao lado de sua família, o Capitão Esteves descreveu o momento especial. “É realmente incrível ter a sensação de voar sozinho durante uma demonstração. A equipe cumpriu mais essa missão de formar novos pilotos e desejo, assim, vida longa à Fumaça”. Realizando o sonho de adolescente, o Capitão Barra também comentou sobre sua conquista: “estou me sentindo realizado hoje. É um curso difícil que exige bastante dedicação. Poder realizar esse sonho meu de longa data é um momento único na minha vida. É só o início de muitas demonstrações que estão por vir. Agradeço o apoio de todos, da minha família, da Força Aérea e da equipe em geral. Fumaça...Já!”, finalizou.


Fonte: EDA
Matéria: Tenente Cocate
Fotos: Tenente Eduardo e Tenente Lemos

Comentários

Postagens mais visitadas