Caças venezuelanos interceptam aeronave da Avianca e obrigam a desviar da rota

O Boeing 787 realizava a rota Cali - Madri, com cerca de 200 passageiros a bordo
Um incidente aconteceu na noite desta sexta-feira (21), quando dois caças da Força Aérea Bolivariana interceptaram uma aeronave comercial pertencente a empresa aérea Avianca Colombia quando sobrevoava o espaço aéreo venezuelano, assustando passageiros e tripulantes.

Segundo relatórios não oficiais, o Boeing 787 com cerca de 200 passageiros a bordo, realizava o voo AVA011 entre Cali á Madri, na Espanha, quando foi interceptada por dois caças Sukhoi SU-30 de fabricação russa. Os caças realizaram algumas manobras perto da aeronave a fim de intimidar, obrigando o Boeing á deixar o espaço aéreo venezuelano.
A proximidade entre as aeronaves era tão pequena que o sistema de anti-colisão da aeronave (TCAS) alertaram aos pilotos colombianos o risco de uma eventual colisão.

Aparentemente, uma falha no transponder ADS-B do B-787 colombiano provocou a interceptação por parte dos caças venezuelanos, que acabaram expulsando a aeronave apenas 20 milhas depois de entrar em seu espaço aéreo.

A companhia aérea informou ao Ministério de Relações Exteriores e do Ministério da Defesa todos os detalhes que ocorreram durante todo o voo, a empresa também informou que cancelou todos os seus voos para a Venezuela e ordenou aos seus pilotos para evitarem entrar no espaço aéreo da Venezuela, afim de evitar mais incidentes.

Até o presente momento, autoridades não informaram como a aeronave da Avianca com o plano de voo aprovado pelas autoridades aeronáuticas da Venezuela foi interceptado. Apesar do incidente o voo seguiu para Madrid.

Comentários

Paus nu Cuuuuuu Cambada de bunda Moles e despreparados!!1
Poetandmadmen disse…
A Venefavela esta igual cachorro Pinscher, late late, mas morre de medo dos outros, pais quebrado, sinto pena da população.

Postagens mais visitadas