KC-390: Portugal e Brasil unidos em projeto de aviação

O KC-390 apresentado em Alverca é uma aeronave militar de multimissão, destinando-se ao transporte e lançamento de cargas e tropas, reabastecimentos aéreos (REVO), operações de busca e resgate e combate a incêndios florestais.
Foi apresentado nesta segunda-feira (04/07) em Alverca, Portugal o novo KC-390, um projeto da Embraer que está sendo desenvolvido em duas unidades situadas em Portugal, uma em Évora, outra em Alverca, nos estaleiros da OGMA, onde foi realizado o evento.

O primeiro-ministro português, António Costa, destacou a importância da aproximação entre os dois países. Numa frase que foi destacada na comunicação social portuguesa, o primeiro-ministro queixou-se dos poucos projetos existentes entre Portugal e o Brasil, indicando que o "KC-390 é um excelente exemplo de uma realidade efetivamente fruto da parceria" desejada entre ambos.

O investimento da Embraer em Portugal tem anos, tendo passado pelo envolvimento da empresa na administração dos estaleiros da OGMA, antigas Oficinas Gerais de Material Aeronáutico do estado português, para além do desenvolvimento da produção de componentes na sua unidade em Évora.

Governo português autoriza despesa máxima

A mudança de Governo em Portugal não afetou o desenvolvimento de uma parceria que conta com 20,8 milhões de euros de investimento português. Já com o anterior Governo de coligação, o aumento do investimento no projeto do KC-390 tinha sido aumentado, algo que foi sendo garantido mesmo com as mudanças após as eleições legislativas.

A resolução do Conselho de Ministros do mês de junho fixava assim o valor da participação portuguesa para os anos de 2016 e 2017, afirmando o interesse da iniciativa pelo "fator de desenvolvimento da base tecnológica e industrial nacional para o setor aeronáutico e, nessa medida, assumir o papel de vetor mobilizador da dinamização do cluster aeronáutico nacional".

KC-390 é um avião de futuro

O KC-390 apresentado em Alverca é uma aeronave militar de multimissão, destinando-se ao transporte e lançamento de cargas e tropas. O KC-390 também pode ser utilizado para reabastecimentos aéreos (REVO), para operações de busca e resgate ou para o combate a incêndios florestais. A primeira unidade deverá ser entregue à Força Aérea Brasileira, pelas estimativas da empresa, no início de 2018, sendo que Portugal também já garantiu o interesse na aquisição de seis unidades.

Na sessão de apresentação falou também Jackson Schneider, presidente da Embraer Defesa e Segurança, que destacou a capacidade da empresa criar emprego em Portugal.

Na próxima semana, o KC-390 vai ser também apresentado no festival aéreo de Farnborough, na Inglaterra, utilizando essa participação para começar a demonstrar todas as potencialidades do novo avião.


Fonte: Sputnik
Adaptação: Aero Latina

Comentários

Postagens mais visitadas