Exposição destaca atuação dos brasileiros na 2ª Guerra Mundial

Parlamentares destacam a luta de brasileiros pelos valores da democracia e liberdade
Parlamentares enfatizaram a luta de brasileiros e italianos pelos valores da democracia e liberdade durante a abertura oficial da exposição que destaca a atuação das Forças Armadas brasileiras durante a Segunda Guerra Mundial, realizada na quarta-feira (06/07).

“Estes são princípios universais, valores que não podemos esquecer. Temos que transmitir aos jovens e às novas gerações. Isso também é função de uma instituição parlamentar”, afirmou a vice-presidente da Câmara dos Deputados da República da Itália, Marina Sereni, sobre a importância de cultivar a memória e a história a respeito de brasileiros e italianos que deram a própria vida na Itália e no Brasil para reconquistar a liberdade e a democracia. “São valores que devemos cultivar todos os dias com comportamento concreto”, complementou a parlamentar que, junto com outros três deputados italianos, participou do seminário do Grupo Interparlamentar Brasil-Itália. A exposição marcou o encerramento do evento de dois dias que reuniu 84 parlamentares para discutir temas econômicos, culturais e migração, entre outros, da agenda bilateral.

Para o Presidente do grupo parlamentar Brasil-Itália, Carlos Zarattini, responsável pela exposição em parceria com as Forças Armadas, a Força Expedicionária Brasileira (FEB) foi um momento histórico fundamental do Brasil. “A ida de 25 mil brasileiros ao território italiano para combater o nazifascismo foi um momento de grande integração de dois povos que já tem suas ligações históricas por conta da imigração italiana no Brasil que se iniciou no século XIX”, explica. “Esse foi um momento que os dois povos se aproximaram ainda mais. Lutaram juntos. Combateram e venceram o nazifascismo. A colaboração do Brasil foi fundamental. Temos que reverenciar esse momento histórico”, avaliou o deputado Zarattini.

O Embaixador da Itália no Brasil, Antonio Bernardini, também entende que este é um episódio fundamental na relação da Itália com o Brasil. O diplomata destacou a gratidão do seu país aos combatentes brasileiros. “É importante recordar este momento. O Brasil é um país amigo. Quando um país envia seus soldados para libertar o nosso país é um sentimento de gratidão enorme”, declarou.

Fonte: Agência da Força Aérea

Comentários

Postagens mais visitadas