Aeroporto Santos Dumont vai funcionar de madrugada durante Olimpíadas

Horário para voos comerciais será estendido até as 23h59.
Das 22h30 às 6h, só voos executivos serão autorizados.
Foto: Divulgação
Com a expectativa de receber mais de 1 milhão de pessoas durante a Rio 2016, a Secretaria de Aviação da Presidência da República anunciou nesta segunda-feira (28) a ampliação do horário de operação do Aeroporto Santos Dumont, no Centro do Rio.

Entre os dias 3 e 23 de agosto, pousos e decolagens de voos comerciais serão autorizados das 6h às 23h59. Aviões executivos e táxis aéreos poderão pousar e decolar até mesmo durante a madrugada - a operação dessas aeronaves, contudo, sofrerá restrições durante o horário comercial, quando a prioridade será dos aviões de carreira.

Segundo a Secretaria, a ampliação do horário comercial de voos compensará o tempo em que o aeroporto será fechado durante a realização das provas de vela na Baía de Guanabara, entre 8 e 18 de agosto, das 12h40 às 17h10.

De acordo com o vice-diretor do Departamento de Controle do Espaço Aéreo, brigadeiro Sérgio Mello, a operação de voos no Santos Dumont durante a madrugada será feita de maneira coordenada, para minimizar o incômodo aos moradores dos bairros próximos.

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) está analisando ainda a possibilidade de realizar check in e despacho de bagagens diretamente da Vila Olímpica, o que depende de acordos entre empresas aéreas e o Comitê Organizador dos Jogos.

Em entrevista coletiva nesta segunda-feira, o secretário executivo da Secretaria de Aviação
Civil, Guilherme Ramalho, afirmou que a demanda esperada para o Santos Dumont e o Galeão é de cerca de 150 mil passageiros por dia durante as Olimpíadas. Para atender bem a esse excedente, o efetivo nos aeroportos será aumentado em 45%, com mudanças de escalas de serviço e cancelamento de folgas e férias no período dos Jogos.

Ramalho vistoriou ainda as obras de ampliação do Aeroporto Internacional e anunciou a expansão será inaugurada no dia 10 de maio. Com as obras, a capacidade do Galeão aumentará para 34 milhões de passageiros por ano, contra os 19 milhões atuais.


Fonte: G1

Comentários

Postagens mais visitadas