Cuspidor de Fogo: 80 anos do primeiro voo do Supermarine Spitfire

Ao todo, foram construídas 20.351 unidades, em mais de quarenta versões
Supermarine Spitfire Mk. IX (Foto Richard Mallory Allnutt)
O Supermarine Spitfire voou pela primeira vez no dia 05 de Março de 1936, há oitenta anos. Um legítimo Pássaro de Guerra (Warbird) de assento único e usado como interceptador e foto-reconhecimento.

O Spitfire é o mais famoso avião britânico de todos os tempos. Um pequeno e gracioso lutador de asa elíptica, o Spitfire foi o caça britânico mais famoso da Segunda Guerra Mundial e o único caça aliado que operou durante todo o conflito. Embora menos numerosos do que o Hawker Hurricane durante a Batalha da Grã-Bretanha, ele ainda é lembrado como o “puro sangue” que virou a maré durante essa campanha. 
Spitfire Mk. IX construído em 1943, foi doado ao Museu Asas de Um Sonho pela Rolls-Royce e foi a única aeronave do acervo a chegar voando ao museu em 2002.
O Spitfire foi um dos lutadores mais rápidos e mais manobráveis ​​da Segunda Guerra Mundial e serviu em todos os teatros de combate. Ao todo, foram construídas 20.351 unidades, em mais de quarenta versões, movidos por motores Rolls-Royce Merlin e Griffon.
Detalhe do fogo saindo do escapamento da aeronave, por isso Spitfire (Cuspidor de Fogo). (Foto Steve Buckby)

Além da Royal Air Force (RAF), foi utilizado pelas forças aéreas da França, África do Sul, Bélgica, Canadá e Portugal.



Entre as versões mais conhecidas, destacam-se:


· Mk I PR, de 1939, primeiro Spitfire de reconhecimento aéreo.

· Mk V, de 1941, versão mais usada.

· Mk IX,e de 1943, primeira equipada com motores Griffon.


· Mk XVI, de 1943, ataque ao solo.

· Mk XIX, de 1944, reconhecimento fotográfico e a mais veloz das versões desarmadas.

· Seafire - versão naval.


A produção do Spitfire foi encerrada em 1948 e atualmente restaram cerca de quarenta exemplares espalhados pelo mundo, entre museus aeroespaciais e colecionadores particulares. Um destes raros exemplares pertence ao Museu Asas de um Sonho recentemente fechado devido à crise financeira no país, o Spitfire Mk. IX, construído em 1943 foi doado pela Rolls-Royce, foi montado na cidade de Jundiaí em 2002 e levado em voo até a cidade de São Carlos-SP no mesmo ano.

Abaixo temos algumas imagens raríssimas da chegada e montagem do Spitfire em Jundiaí-SP cedidas pelo amigo José Carlos Pereira, mecânico de aeronaves e um grande entusiasta da aviação.




Fontes: Warbird News e Wikipédia

Comentários

Postagens mais visitadas