Boeing 747 da Qantas com 5 motores???

A Qantas realiza essa estranha tarefa para que sua aeronave avariada volte a voar o mais rápido possível
O voo QF63 da empresa aérea australiana Qantas que liga Sidney a Johannesburgo na Africa do Sul realizou um transporte extra em uma de suas asas na ultima quarta-feira (06/01), um motor adicional fabricado pela Rolls Royce pesando cerca de 10 toneladas.

O Boeing 747 tem a habilidade de carregar um quinto motor que pode ser instalado entre a fuselagem e o motor numero “2” da aeronave.
O motor não é acionado durante o voo, porém a empresa aérea instalou para realizar o transporte da capital australiana aonde se encontra o centro de manutenção da Qantas em Sydney, até a capital da África do Sul, para ser instalado em outro Boeing 747 que necessitou realizar troca de um de seus motores.

A Qantas realiza essa estranha tarefa para que sua aeronave avariada volte a voar o mais rápido possível, evitando que a aeronave fique parada, aguardando o transporte do motor por navios ou aeronaves de transporte de carga, a fim de evitar mais atrasos e incomodo a seus passageiros.
O quinto motor aumenta o peso e a resistência durante o voo, por causa disso a aeronave teve de realizar um reabastecimento em Perth, na Austrália antes de seguir viagem até o Continente Africano e sua tripulação é treinada para este tipo de situação.

Quando o voo QF63 pousou em Johannesburgo, a equipe de manutenção retirou o quinto motor e instala na aeronave que realizará o voo QF64 com destino a Sidney.

A primeira vez que a Qantas realizou o transporte de um motor adicional, foi em um Boeing 707 e a última vez que realizam a mesma façanha foi no ano de 2011.

O motor substituído seguirá de Johannesburgo para Sidney á bordo de um navio.


Fonte: En El Aire
Tradução: Aero Latina

Comentários

Postagens mais visitadas