ORDEM DO DIA: Dia do Aviador e da Força Aérea Brasileira

Data é celebrada nesta sexta-feira, 23 de outubro

Brasília, 23 de outubro de 2015.

Na conquista dos sonhos mais inatingíveis, a ousadia nos instiga a romper os limites do horizonte conhecido e a coragem nos conduz a perseverar diante dos inúmeros desafios que se apresentam.

Neste ensejo, somente aqueles predestinados são capazes de extrapolar o campo das aspirações pessoais, e realizar feitos que passam a influenciar e a determinar o caminho das gerações futuras.

Foi sob o escopo desta conjectura que, Alberto Santos Dumont, nosso herói, ao se manter resiliente em sua epopéia por tornar possível o sonho de voar, resumiu o seu espírito altivo ao dizer que - “Inventar é imaginar o que ninguém pensou; é acreditar no que ninguém jurou; é arriscar o que ninguém ousou; é realizar o que ninguém tentou. Inventar é transcender.”

E, inquestionavelmente...ele transcendeu!

Quis a história, que um brasileiro servisse de instrumento para materializar a aspiração de milhares, e com um toque de genialidade e determinação, desse início a um novo conceito, a uma nova era na história da humanidade.

Há exatos cento e nove anos, no dia 23 de outubro, Santos Dumont concedeu-nos, com pura generosidade, a conquista da terceira dimensão. Ao afirmar que - “A atmosfera é o nosso oceano” – profetizou o desenvolvimento da aviação, que logo se descortinaria com o surgimento dos primeiros voos intercontinentais, e em décadas posteriores, com a conquista do espaço.

A magnitude desse feito, no entanto, não foi seu único legado. Com incomparável grandeza d’alma, jamais patenteou qualquer de suas invenções no campo da Aeronáutica, pois acreditava que os benefícios de suas obras deveriam alcançar a todos, indistintamente.

Neste dia tão especial, sinto-me honrado por ter a oportunidade de homenagear o “PAI DA AVIAÇÃO”...o “PATRONO DA AERONÁUTICA BRASILEIRA”.

Em reverência a este nobre brasileiro, 23 de outubro foi estabelecido como data para celebrarmos o Dia do Aviador, figura representada por homens e mulheres que alçam voo sob a égide da perícia e da responsabilidade, diuturnamente engajados na constante vigilância e defesa dos valores mais puros de nossa nação. Figura igualmente representada, por aqueles que, sob as asas que conduzem progresso, se dedicam à obstinada missão de proporcionar a inclusão dos mais longínquos rincões de nosso país, trazendo o alimento, a saúde e a esperança aos mais necessitados, atuando também, nos momentos mais difíceis de nosso cotidiano, trazendo o socorro e a assistência aos vitimados.

É no dia de hoje que rendemos homenagens a todos aqueles que voam, aos que fazem voar, e àqueles que fomentam a evolução da tecnologia e da indústria aeronáutica, seguidores genuínos das aspirações e do legado de Santos Dumont.

Neste momento, celebramos, ainda, o dia da Força Aérea Brasileira, composta pelos legítimos sucessores dos bandeirantes do Correio Aéreo Nacional e dos veteranos de guerra do Primeiro Grupo de Aviação Caça.

Esta Instituição, de presença nacional, exibe sua visão estratégica ao demonstrar que, na bivalência de sua atuação, o contribuir para o progresso complementa o preparo para a defesa de nossa Pátria.

Sob esta ótica, sabemos que um país que almeja ser cada vez mais justo e forte, inserido no panorama internacional de forma pacífica e solidária, não deve abdicar do exercício de sua soberania.

Novas oportunidades e novos desafios se apresentam diante de nossos horizontes, fazendo-se mistér que nos mantenhamos coesos, firmes no rumo planejado e focados em nossa missão precípua.

O sucesso do projeto KC-390, a maior aeronave projetada e produzida no Brasil, cujo voo foi iniciado, dando andamento ao seu programa de certificação, trará consigo a versatilidade e a rapidez necessárias para o cumprimento de uma vasta gama de missões de extrema importância, aumentando a abrangência de nossa atuação.

A aquisição dos caças GRIPEN NG, vetores que formarão a principal linha de defesa dos céus brasileiros, proporcionará a implantação de novos conceitos operacionais e organizacionais, que certamente conduzirão à uma Força Aérea mais eficiente e moderna.
Estes dois projetos trazem em seu bojo uma capacidade diferenciada para a indústria aeronáutica brasileira, tornando cada vez mais marcante a realização do sonho de outro ícone de nossa história, o Marechal Casimiro Montenegro Filho.

Neste contexto, destaco a consolidação do Programa Estratégico de Sistemas Espaciais, que será crucial para o fortalecimento da infraestrutura destinada a prover o suporte aos sistemas de defesa do território brasileiro, permitindo o desenvolvimento de tecnologia nacional para diversas aplicações de uso dual.

No caminho da evolução de nossa Instituição, diante dos desafios que doravante se apresentem, conclamo a TODOS para que sigam o exemplo de Santos Dumont, mantendo o entusiasmo e o afinco na consecução de nossas metas.

Tenhamos, ainda, sempre em mente que todas as atividades deverão ter como “fixo balizador” a constante preocupação com uma gestão austera dos recursos disponíveis, bem como uma utilização inteligente dos meios empregados, de forma a possibilitar o máximo aproveitamento e retorno de todos os esforços aplicados em prol do nosso contínuo aprimoramento.

O judicioso emprego de nossos meios e recursos deve ser uma meta permanente em todos os níveis da administração, desde as diversas seções de nossas unidades até os mais altos escalões de decisão, sendo constantemente permeados pelo nosso NORTE maior, o cumprimento da missão de “MANTER A SOBERANIA DO ESPAÇO AÉREO NACIONAL COM VISTAS A DEFESA DA PÁTRIA”.

Neste dia tão especial, reservado para comemorar, honrar e homenagear os heróis do passado e do presente, externo a minha plena convicção de que nossos militares e civis, não importando o lugar em que estejam servindo, estão plenamente envolvidos pelo sentimento nacionalidade, com espírito aguerrido e motivados a participar da construção de um Brasil cada vez melhor.
Obrigado, Alberto Santos Dumont!
Parabéns, Aviador Brasileiro!
Parabéns, Força Aérea Brasileira!

Tenente-Brigadeiro do Ar NIVALDO LUIZ ROSSATO 
Comandante da Aeronáutica


Fonte: Agência da Força Aérea


Comentários

Postagens mais visitadas