Boeing inicia montagem final do primeiro 737 MAX

Os profissionais da Boeing de Renton, Washington (Estados Unidos), começaram a montagem final do primeiro 737 Max 8, o primeiro membro de uma nova e mais eficiente família de aeronaves de corredor único da empresa.

O primeiro voo do avião está previsto para o início do ano que vem. “Continuamos em dia com o cronograma do programa 737 Max, graças à dedicação de nossos colaboradores e fornecedores”, comemorou o vice-presidente e diretor geral do programa 737 Max da Boeing Aviação Comercial, Keith Leverkuhn.

Depois que a primeira fuselagem da Spirit Aerosystems chegou de Wichita, no Kansas (Estados Unidos), em 21 de agosto, os mecânicos começaram a instalação dos sistemas de voo e das mantas de isolamento. As equipes moveram a fuselagem para a área da nova linha de montagem em que asa e fuselagem são unidas, e onde serão construídas as primeiras aeronaves Max.
A seguir, os mecânicos uniram as asas à fuselagem da aeronave. As asas trazem a nova tecnologia avançada de winglets da Boeing. Projetados exclusivamente para o 737 Max, proporcionarão às companhias aéreas um ganho de eficiência energética de até 1,8% em relação aos winglets atuais.

A Boeing construirá os primeiros 737 Max exclusivamente na nova linha de produção em Renton. Depois que os mecânicos testarem e aprovarem o processo de produção, a produção do Max será ampliada para as duas outras linhas de montagem final da fábrica.

O primeiro 737 Max está programado para ser entregue à Southwest Airlines no terceiro trimestre de 2017. A família 737 Max recebeu até o momento um total de 2.869 encomendas de 58 clientes do mundo todo.


Fonte: Panrotas

Comentários

Postagens mais visitadas