B-29 Superfortress 'Doc' quase pronto para decolar – Teste de Motores foi um sucesso!

O "Doc" não era acionado desde á ultima vez que voo em 1956. Voluntários passaram 15 anos trabalhando com o objetivo de leva-lo aos céus novamente.
B-29 'Doc' - Foto: b-29doc.com

Diversos apaixonados pela aviação e sua fantástica história trouxeram de volta à vida um senhor guerreiro da Segunda Guerra Mundial, o bombardeiro Boeing B-29 Superfortress conhecido como 'Doc'.

O bombardeiro não era acionado desde á ultima vez que voo em 1956. Os voluntários passaram os últimos 15 anos trabalhando incansavelmente no bombardeiro com o objetivo único de ser levado novamente aos céus, para isso o “Doc” foi equipado com quatro novos motores radiais.

O grupo de voluntários “Amigos do Doc” mal podiam esperar para ouvir o rugido de seus motores novamente e para que possa retornar mais uma vez para o céu.

Os motores foram acionados um de cada vez e toda a operação de acionamento foi filmada e transmitida ao vivo na web através do site www.b-29doc.com

Antes de o motor voltar à vida novamente com os escudos de fogo, um novo sistema de escape e mais de 35 velas de ignição tinham de ser instalados em cada um dos motores do “Doc”.

Cada motor foi acionado individualmente, de modo que os voluntários poderiam verificar e monitorizar á temperatura e a pressão de óleo de cada um dos motores.

Depois de todos os quatro motores funcionando de forma independente, todos os quatro foram iniciados ao mesmo tempo.

Os motores tinham sido recebidos há dois anos e são novas versões do bombardeiro original 3350-57.

O “Doc” pertencia a um esquadrão de B-29 chamado de "Branca de Neve e os Sete Anões". Ele havia sido abandonado ao relento em um campo de pouso no deserto de Mojave, na Califórnia, mas foi resgatado por um entusiasta da aviação em 1987.

O bombardeiro foi então transferido para Wichita aonde iniciou a sua restauração em 2000, embora tivesse ficado estacionado por um tempo por causa da falta de verbas. Foi em 2013 que o atual grupo de voluntários comprou o bombardeiro e então a sua última fase de restauração começou.

Foi em Wichita local aonde fábrica da Boeing, aonde mais de 1.500 dos B-29s foram construídos. Foi o B-29, que lançou as bombas atômicas sobre Hiroshima e Nagasaki.

Alguns dos voluntários chegaram a trabalhar no B-29 ainda na linha de produção original.

Assista ao acionamento dos motores do B-29 "Doc"

Fonte: War History Online
Tradução: Aero Latina

Comentários

Postagens mais visitadas