Aeronave pré-série do novo Ipanema 203 realiza seu primeiro voo experimental


A unidade pré-série do novo avião agrícola desenvolvido pela Embraer – denominado Ipanema 203 – voou pela primeira vez nesta quinta (16) na Unidade da Embraer em Botucatu (SP), onde o Ipanema é produzido. Segundo o piloto José Maurício Leite Nogueira, “a performance em voo foi excelente, apresentando comandos suaves e precisos”. A aeronave será apresentada ao público pela primeira vez durante a Agrishow, maior evento do agronegócio no País, que será realizada entre 27 de abril e 1º de maio de 2015, em Ribeirão Preto (SP).

Evolução do produto que é líder em seu segmento, com mais de 60% do market share no Brasil e mais de 1.360 unidades vendidas, o Ipanema 203 possui dois metros a mais de envergadura de asa em relação ao modelo anterior e hopper com capacidade 16% maior em volume. A nova envergadura da asa permite uma faixa de deposição 20% maior, o que aumenta ainda mais a sua produtividade. 

Depois de pesquisas em conjunto com a Escola de Engenharia de São Carlos (EESC), os winglets (pontas das asas) foram reprojetados. O resultado foi a diminuição da área lateral da aeronave, aumentando o controle e melhorando a eficiência da pulverização. 

O avião tem novo sistema de ar condicionado, cinto de segurança com air bag e cabine mais alta, com novo conceito ergonômico. O assento, por exemplo, foi reformulado e revestido por couro natural perfurado, que permite fácil limpeza, transpiração e possui maior durabilidade. As alavancas de comando e os pedais foram reprojetados, com ângulos mais suaves. Tudo isso para facilitar o dia a dia do operador, permitindo que ele desempenhe seu trabalho com maior conforto e eficiência.

“As melhorias incorporadas no Ipanema ao longo dos anos, para atender às necessidades dos clientes, explicam o sucesso da aeronave”, disse Fábio Bertoldi Carretto, Gerente Comercial da Embraer para o programa, que é o mais longevo da Empresa, com 43 anos de produção ininterrupta. “Estamos trazendo para o mercado uma aeronave mais avançada, com ganhos na produtividade, conforto e que seguirá tendo o melhor custo-beneficio do mercado, sendo a única do mundo produzida em série para voar com etanol.”

Líder no mercado de aviação agrícola no Brasil, o Ipanema é utilizado principalmente na pulverização de fertilizantes e defensivos agrícolas, evitando perdas por amassamento na cultura e flexibilizando a operação. As principais culturas que têm demandado o avião são: algodão, arroz, cana-de-açúcar, citrus, eucalipto, milho, soja e café. Ele também pode ser utilizado para espalhar sementes, combater vetores e larvas, e no combate primário a incêndios e povoamento de rios.

Tabela comparativa


Característica                                                      Ipanema 203                 Ipanema 202
Comprimento das asas                                               13,30 m                          11,07 m
Envergadura da empenagem                                      4,27 m                              3,66 m
Altura máxima                                                           2,43 m                              2,22 m
Comprimento da aeronave                                              8 m                               7,43 m
Diâmetro da hélice                                                     2,18 m                               2,13 m
Capacidade do hopper                                               1.050 litros                           900 litros


Fonte: Embraer

Comentários

Postagens mais visitadas