Academia da Força Aérea tem novo comandante

O oficial-general terá sob seu comando a instituição responsável por formar os futuros líderes da FAB
O Brigadeiro do Ar Saulo Valadares do Amaral assumiu o comando da Academia da Força Aérea (AFA) quinta-feira (09/04) em substituição ao Brigadeiro do Ar Carlos Eduardo da Costa Almeida. A cerimônia contou com presença do alto-comando da Aeronáutica, de militares da Marinha e do Exército Brasileiro, além de autoridades civis da região.

Antes de assumir o Comando da AFA, o Brigadeiro Valadares exerceu as funções de Comandante da Base Aérea do Galeão (BAGL), Adido Aeronáutico na Inglaterra, Suécia e Noruega, além de Vice-Chefe do Gabinete do Comandante da Aeronáutica. Ele ingressou na Força Aérea no ano de 1980, sendo promovido ao atual posto no dia 31 de março deste ano. O oficial-general possui mais de 4.900 horas de voo.

O novo comandante terá sob sua responsabilidade a Guarnição de Pirassununga, composta pela Fazenda de Aeronáutica (FAYS); o Destacamento de Controle do Espaço Aéreo na região (DTCEA-YS); a Prefeitura de Aeronáutica (PAYS) e o Esquadrão de Demonstração Aérea (EDA), distribuídos em 65 km² de área, sendo 820.000 m² construídos e ocupados por diversos setores ligados direta ou indiretamente à formação dos futuros líderes da Força Aérea Brasileira.

Já o Brigadeiro do Ar Carlos Eduardo, após 38 anos de serviço, deixará o serviço ativo. Nos últimos anos, ele exerceu a função de Comandante da Academia da Força Aérea, bem como Comandante da Base Aérea de Natal (BANT) e Subdiretor de Administração Logística da Diretoria de Material Aeronáutico e Bélico. Natural do Rio de Janeiro (RJ), ingressou na Força Aérea em 1977, acumulando 4.300 horas de voo. 
AFA

A Academia da Força Aérea é o estabelecimento de ensino de nível superior que tem por finalidade a formação dos oficiais dos quadros de aviadores, intendentes e de infantaria da Força Aérea Brasileira. Os ensinamentos morais, científicos e técnico especializado são ministrados por oficiais dos diversos quadros da FAB e por professores civis, que procuram desenvolver os atributos físicos e morais de cadetes de todo o Brasil.


Fonte: Agência da Força Aérea
Fotos: Cb Diego

Comentários

Postagens mais visitadas