TAM e JAL anunciam compartilhamento de voos


A TAM e a Japan Airlines (JAL), ambas da Oneworld, anunciaram um acordo de codeshare. Com isso, as empresas possibilitam a ligação de Tóquio, no Japão, a vários destinos brasileiros com múltiplos trechos emitidos em um único bilhete. As passagens poderão ser compradas a partir de 25 de março nos canais de vendas das companhias.

Os passageiros poderão ir para Tóquio a partir de Nova York, nos Estados Unidos. Esta opção de conectividade dá aos passageiros da TAM mais uma alternativa de rota para o Japão, uma vez que a LAN já possui um acordo de compartilhamento de código com a JAL e cuja conexão se dá a partir de Los Angeles e também em Nova York. 

Os clientes da JAL, por sua vez, poderão chegar ao Brasil por São Paulo e pelo Rio de Janeiro. Na capital paulista, os passageiros poderão se conectar a outras 12 cidades em todo o Brasil (Fortaleza, Recife, Salvador, Brasília, Manaus, Porto Alegre, Foz do Iguaçu, Curitiba, Londrina, Campo Grande, Belo Horizonte e Rio de Janeiro). Já pelo Rio há possibilidade de se conectar a nove cidades (Recife, Salvador, Brasília, Manaus, Porto Alegre, Foz do Iguaçu, Curitiba, Belo Horizonte e São Paulo).

“As relações comerciais entre o Japão e o Brasil justificam o esforço e a satisfação das empresas em oferecer mais opções de voos na malha das companhias aos passageiros corporativos. Para completar, o Brasil é o País que possui a maior colônia de japoneses fora do Japão e esse codeshare facilitará ainda mais a conexão entre as duas nações”, diz a presidente da TAM, Claudia Sender. Para o diretor executivo de Relações Internacionais e Alianças da JAL, Hideki Oshima, o acordo permitirá que a aérea japonesa reforce a sua presença no mercado brasileiro, que é cada vez maior. 

Vale ressaltar que as empresas, por meio do acordo de Passageiros Frequentes, oferecem benefícios recíprocos em seus programas de fidelidade, permitindo que os membros de seus respectivos programas de relacionamento acumulem pontos e resgatem passagens para voar com as companhias da aliança.


Fonte: Panrotas

Comentários

Postagens mais visitadas