Kalstar Aviation é a primeira operadora dos E-Jets na Indonésia

Foto: Bradley Bygrave / Planespotters.net
A Embraer anunciou, hoje, que dois jatos E195 começarão a voar com a Kalstar Aviation, da Indonésia, uma operadora regional baseada na província de Kalimantan, na Ilha de Bornéu. As duas aeronaves serão fornecidas pela Aldus Aviation, da Irlanda.

“Estamos orgulhosos em ser a primeira empresa a operar os jatos da Embraer na Indonésia e esperamos incrementar nossas operações, especialmente na área de Kalimantan, com a introdução dos E195”, disse Andi Masyhur, CEO da Kalstar Aviation. “O E195 permitirá abrir novas rotas e proporcionar melhor conectividade, freqüência e conforto para as pessoas de Kalimantan. Acreditamos que os passageiros apreciarão o layout da cabine, com assentos dispostos na configuração dois mais dois, que oferece conforto inigualável neste segmento.”

“A geografia da Indonésia é uma plataforma ideal para os E-Jets. Suas cidades secundárias e terciárias, espalhadas por diversas ilhas, apresentam oportunidades para maior conectividade e freqüência”, disse Paulo Cesar Silva, Presidente e CEO da Embraer Aviação Comercial. “Gostaria de parabenizar a Kalstar Aviation por aumentar sua frota e por ingressar nessa nova fase de crescimento. Estamos confiantes de que os E-Jets proporcionarão economia e conforto para o passageiro e agregarão valor às suas operações.”

Fundada em 2007, a Kalstar Aviation, nome derivado de 'Kalimantan Star', conecta passageiros entre as cidades da província de Kalimantan – uma área conhecida por atividades de mineração e agricultura. Os E195 operarão a partir de Kalimantan em rotas domésticas na Indonésia que serão anunciadas oportunamente pela Kalstar Aviation.

A Embraer é a única fabricante a desenvolver uma moderna família de aviões especificamente para o segmento de 70 a 130 assentos. Desde o lançamento formal do programa, em 1999, os E-Jets redefiniram o conceito tradicional de aeronaves regionais por operarem em outros tipos de mercados.

A família de E-Jets entrou em serviço em 2004. Atualmente, os E-Jets estão voando com 65 companhias aéreas de 45 países, com uma participação de mercado de 62%, com base em entregas, no segmento de jatos com capacidade para até 130 lugares. Atualmente, os E-Jets voam com empresas aéreas tradicionais, de baixo custo e regionais, bem como empresas de voos fretados. Os E-Jets contam com uma rede global de suporte ao cliente e serviços estrategicamente localizada, com 37 centros de serviços para manutenção e reparos em todo o mundo, incluindo 12 Centros de Serviço Autorizado da Embraer (EASC) e 25 centros independentes, assim como um centro regional de distribuição de peças em Singapura.

Em junho de 2013, a Embraer lançou a segunda geração da família de E-Jets – os E-Jets E2 – o primeiro dos quais está programado para entrar em serviço em 2018.


Fonte: Embraer

Comentários

Postagens mais visitadas