Gripen: Pilotos brasileiros fazem voo solo na Suécia

Aviadores da FAB voaram pela primeira vez sem instrutores suecos
Capitão Fórneas na cabine do Gripen  Acervo pessoal
Os Capitães Gustavo Oliveira Pascotto e Ramon Santos Fórneas, da Força Aérea Brasileira, realizaram nesta terça-feira (27/1) seus primeiros voos sozinhos na cabine de caças Gripen. As missões de treinamento duraram aproximadamente uma hora e partiram da Base Aérea de Såtenäs, na região central da Suécia.
Gripen C comandado pelo Capitão Fórneas  Acervo pessoal
As duas aeronaves decolaram por volta das 11h45 (hora de Brasília) e realizaram manobras em uma área de treinamento localizada sobre o Mar do Norte e a costa oeste da Suécia. Após o pouso, eles foram recepcionados por todos os pilotos da Sétima Ala da Força Aérea da Suécia.
Cap. Fórneas e Cap. Gustavo posam para foto após o voo solo. 
Os pilotos da FAB já voavam os jatos Gripen desde o dia 10 de novembro de 2014, mas, até a manhã de hoje, eles só haviam cumprido missões com a companhia de instrutores de voo da Força Aérea da Suécia. O treinamento é complementado por instruções em solo e aulas teóricas. O intercâmbio deve prosseguir até o fim de abril, quando os militares brasileiros já estarão aptos para cumprir missões de combate com as aeronaves Gripen da Força Aérea da Suécia. 

Entre 2019 e 2024, o Brasil deve receber 36 unidades de jatos Gripen da versão NG.


Fonte: FAB
Fotos: Arquivo Pessoal

Comentários

Postagens mais visitadas