Israel estuda solicitar segundo lote de caças F-35i


O governo de Israel está considerando solicitar um segundo lote de 25 caças F-35 que devem começar a ser entregues em 2019, uma opção que depende da aprovação por um comitê ministerial israelense. O F-35i é uma versão derivada do F-35A equipados com sistemas específicos, como a guerra e contramedidas eletrônicas fabricados em Israel. Estas 25 aeronaves adicionais iriam formar um novo esquadrão e são o resultado de negociações entre o ministro da Defesa de Israel, Moshe Yaalon, e o secretário de Defesa Americano Chuck Hagel.

Após o cancelamento da encomenda de seis convertiplanos Bell Boeing V-22 Osprey. A Força Aérea israelense anunciou que o financiamento para este programa pode ser utilizado para financiar a segunda ordem de caças F-35i. A Lockheed Martin anunciou recentemente um acordo para o lote LRIP 8 , que inclui a produção de 43 caças F-35 entre os dois primeiros israelense F-35i com entregas a começar em 2016.

Na medida em que este mês tenham sido atribuídos vários contratos relacionados com a versão específica para Israel com a Lockheed Martin, concedido pelo valor de aproximadamente 220,7 milhões de euros para a Fase 1 que envolve Desenvolvimento de Sistemas e Demonstração de Crescimento 2 que deve ser concluído até Março de 2019. Para desenvolver os software e hardware específico serão investidos 77,8 mil dólares americanos através de empréstimos FMS (Foreign Military Sales). A mesma empresa recebeu 7,7 milhões em contrato para desenvolver o sistema do Programa de Logística Global e Sustentação, para a qual já comprometeu US$2,6 milhões em créditos FMS. 

A Força Aérea de Israel encomendou o primeiro lote de 19 F-35i em 2012, por 2.750 milhões, que incluiu uma opção para 55 aeronaves adicionais, prevê-se que o primeiro esquadrão seria concluído em 2018 e o segundo em 2019, substituindo gradativamente os caças F-16.


Fonte: Defensa
Tradução: Aero Latina

Comentários

Postagens mais visitadas