FAB participa de exercício no Chile

Salitre 2014 reúne cinco países americanos para treinamento de combate aéreo

Começou nessa segunda-feira (6/10) o exercício Salitre 2014, realizado em Antofagasta, cidade chilena localizada no deserto do Atacama. A Força Aérea Brasileira participa com cinco aeronaves, ao lado da Argentina, Chile, Estados Unidos e Uruguai.

Chegada dos caças brasileiros no norte do Chile  Tenente Humberto Leite / Agência Força AéreaA FAB levou para a Base Aérea de Cerro Moreno, da Fuerza Aérea de Chile, quatro caças F-5EM e um avião de reabastecimento em voo KC-130. Estão presentes ainda aeronaves F-5 e F-16 do Chile, A-37 Dragonfly do Uruguai, A-4 Fighting Hawk da Argentina e F-16 dos Estados Unidos. Caças F-16 da Força Aérea do Chile atuam como força inimiga simulada a partir da cidade de Iquique, no norte do país.

De acordo com o chefe da delegação brasileira, Brigadeiro do Ar Mário Luís da Silva Jordão, os caças F-5 vão desempenhar missões de defesa aérea, com foco no combate com mísseis de longo alcance, chamado BVR (Beyond Visual Range). Participam aviadores do 1° Grupo de Aviação de Caça e do 1°/1° Grupo de Transporte. A delegação é composta por 73 militares.

Tradição em exercícios

Esta é a terceira vez que o Brasil participa da Salitre. As edições anteriores foram realizadas em 2004 e 2009. Por outro lado, o Chile já participou de seis edições do exercício brasileiro CRUZEX. "O grande ganho de exercícios como esse é a possibilidade da troca de conhecimentos entre as forças aéreas participantes", finaliza o Brigadeiro Jordão.


Data histórica

O Primeiro Grupo de Aviação de Caça, que participa a partir dessa segunda-feira (06/10) do exercício Salitre 2014, coincidentemente tem a data 6 de outubro como um marco histórico. Há exatos 70 anos, em 6 de outubro de 1944, a unidade desembarcou na Itália para combater na Segunda Guerra Mundial.


Fonte: Agência da Força Aérea
Fotos: FACH / CECOMSAER

Comentários

Postagens mais visitadas