FX-2: Brasil e Suécia avançam nas negociações para aquisição dos caças Gripen NG


Representantes dos ministérios da Defesa do Brasil e da Suécia reuniram-se durante os últimos dois dias, em Brasília, para encaminhar a negociação envolvendo 36 caças Gripen New Generation (NG), da empresa Saab, que irão reequipar a Força Aérea Brasileira (FAB). Durante os encontros, autoridades dos dois países avaliaram positivamente a evolução das tratativas. A expectativa é que a assinatura do contrato aconteça no próximo mês de dezembro.

Nesta quarta-feira (3), o ministro Celso Amorim recebeu em audiência o vice-ministro de Defesa da Suécia, Carl von der Esch (foto). Na ocasião, Amorim disse que a sociedade brasileira recebeu positivamente a notícia de que os caças Gripen NG haviam sido escolhidos para o Projeto FX-2. Segundo o ministro, o comandante da FAB, Tenente-Brigadeiro Juniti Saito, está empenhado em equacionar a definição dos critérios técnicos imprescindíveis para que a negociação seja concluída. “Em breve, Brasil e Suécia serão mais que grandes amigos. Serão parceiros”, disse Amorim.

Antes da audiência com Amorim, von der Esch reuniu-se com outras autoridades do Ministério de Defesa e da FAB. No encontro, foi apresentado um panorama do estágio atual das negociações. De acordo com o brigadeiro José Augusto Crepaldi, chefe da Comissão Coordenadora do Programa Aeronave de Combate (Copac) – órgão responsável pelas especificações técnicas do projeto FX-2 –, tanto brasileiros como suecos têm atendido o cronograma de negociações com vistas à assinatura do contrato em dezembro próximo.


Segundo Crepaldi, as duas partes estão negociando uma solução acerca dos requisitos técnicos, já que houve mudanças entre a oferta inicial dos caças, em 2009, e a realidade atual. “São cinco anos de diferença e as realidades técnicas são distintas. Mas isso era previsível, dada a complexidade desse tipo de projeto”, explicou o brigadeiro.

Outra questão a ser definida é sobre o financiamento para a compra dos caças – orçados em US$ 4,5 bilhões. De acordo com o secretário de Produtos de Defesa do ministério, Murilo Barbosa, representantes dos dois países se reunirão no próximo dia 12 de setembro para os acertos finais acerca dos temas pendentes para a assinatura do contrato.

Carl von der Esch disse que o governo sueco está satisfeito com o andamento das negociações do Projeto FX-2. “Nossa intenção é aprofundar o diálogo e construir soluções para que possamos finalizar esse projeto”, disse o dirigente. Parar von der Esch, a parceria entre os dois países está apenas começando e ensejará diferentes tipos de iniciativas no longo prazo.


Fonte: Agência da Força Aérea

Comentários

Postagens mais visitadas