SP deve ter 2 aeroportos para executivos até 2016; serviço inclui outlet

O projeto completo foi apresentado ao público durante a Labace
Imagem do projeto do Aeroporto Executivo Catarina, que está sendo erguido pela JHSF em São Roque (SP); executivos e milionários que se locomovem por meio de jatinhos de luxo devem contar, até 2016, com dois aeroportos privados no Estado de São Paulo. (Divulgação)

Dois aeroportos privados para aviões executivos deverão ser inaugurados no Estado de São Paulo até 2016. Um será em São Roque (a 60 quilômetros da capital) e outro em Caçapava (a 107 quilômetros).

A ideia é atrair executivos e milionários que se locomovem por meio de jatinhos e precisam, hoje, disputar slots (horários de chegadas e partidas) com aviões comerciais nos aeroportos convencionais, como o de Congonhas, na capital paulista.
A pista do aeroporto privado Aerovale tem 1.550 metros de comprimento e terá capacidade para até 50 mil pousos e decolagens por ano. Esta imagem mostra uma perspectiva do projeto com a fachada do aeroporto. (Divulgação)

Os aeroportos terão helipontos para que os passageiros possam ser transportados com rapidez até a capital.

Além disso, para atrair esse público exigente, os empreendimentos vão funcionar por 24 horas e serão interligados a lojas de grife, escritórios, hotéis e centros de convenções.

Carolina Herrera, Daslu e Le Lis Blanc

A JHSF, especializada em empreendimentos imobiliários de luxo, como o Shopping Cidade Jardim, na capital paulista, e os hotéis Fasano, prevê inaugurar, no primeiro semestre de 2016, o Aeroporto Executivo Catarina.

O projeto completo foi apresentado ao público durante a feira de aviação executiva Labace, realizada em São Paulo neste mês.

Localizado no quilômetro 60 da rodovia Presidente Castelo Branco, em São Roque, ele poderá receber até 77 mil pousos e decolagens por ano e jatos executivos de grande porte, capazes de fazer voos diretos para cidades como Nova York (EUA), Londres (Reino Unido) ou Dubai (Emirados Árabes).

O aeroporto fará parte do Complexo Comercial Catarina, que inclui, ainda, um centro comercial, com prédios para escritórios, centro médico e hotel.

O complexo também terá um shopping com lojas de desconto (outlets) de grifes como Carolina Herrera, Daslu e Le Lis Blanc (marcas que estão presentes no Shopping Cidade Jardim). Segundo a JHSF, o outlet deve ser inaugurado antes do aeroporto, já em novembro próximo.

'Facilidades que não existem num aeroporto convencional'

Durante a Labace, também foram apresentados os detalhes do Aerovale, que está em construção em Caçapava, no interior do Estado. A previsão da construtora Penido, responsável pelo projeto, é que o aeroporto comece a funcionar no início de 2015.

O Aerovale fica a quatro quilômetros da rodovia Presidente Dutra. A pista, de 1.550 metros de comprimento, terá capacidade para até 50 mil pousos e decolagens por ano.

Ao lado do Aerovale, será erguido um prédio para escritórios. Um hotel e um centro de convenções deverão começar a funcionar em agosto do ano que vem.

"A ideia é oferecer facilidades e confortos que não existem num aeroporto convencional", diz Rogério Penido, diretor da empresa. 


Fonte: UOL Economia 

Comentários

Postagens mais visitadas