Embraer anuncia venda de 50 aviões à Trans States Holdings

A Trans States Holdings, maior grupo de aviação regional dos EUA, controla as companhias aéreas Trans States Airlines, Compass Airlines e GoJet Airlines

animação com E195-E2, da Embraer

Rio de Janeiro - A Embraer anunciou nesta segunda-feira ter recebido a encomenda de 50 aviões do modelo E175-E2 da companhia americana Trans States Holdings, e que ela reservou a opção de compra de outros 50 aparatos.

A empresa informou em comunicado que o valor do negócio ultrapassa os US$ 2,4 bilhões levando em conta o preço de catálogo, caso a venda de cem aeronaves seja realizada em condições normais.

A Trans States Holdings, maior grupo de aviação regional dos Estados Unidos, com 11 milhões de passageiros por ano e 600 voos diários, é o controlador das companhias aéreas Trans States Airlines, Compass Airlines e GoJet Airlines.

Segundo a Embraer, terceira maior fabricante de aviões do mundo, as aeronaves encomendadas começarão a ser entregues em junho de 2020 e terão capacidade para 76 passageiros divididos em primeira classe e classe econômica.

"O E175-E2 demonstrou ser a aeronave preferida pelas operadoras norte-americanas na medida em que elas confirmam suas necessidades futuras de frota para a próxima década", afirmou o presidente da divisão de Embraer para a aviação comercial, Paulo Cesar Silva, citado no comunicado.

O presidente de Trans States Holdings, Richard A. Leach, disse que o acordo da empresa com a Embraer, que completou duas décadas, agora foi estendido para "mais algumas décadas para o futuro".

"O desempenho melhorado e as tecnologias que permitem economia de custo na versão E2 dos E175 aumentarão a capacidade da Trans States Holdings de oferecer soluções de referência em consumo de combustível, custos de manutenção, impacto ambiental e desempenho aos nossos principais clientes", afirmou Leach.

O anúncio do acordo coincidiu com a divulgação de que a Embraer elevou o número de aviões entregues de 51 no segundo trimestre de 2013 para 58 no mesmo período de 2014.

Das aeronaves entregues entre abril e junho, 29 foram para o mercado de aviação comercial e 29 para o setor de aviação executiva. O total de aviões entregues no primeiro semestre chegou a 92, 43 comerciais e 49 executivos.

A empresa informou que as encomendas até 30 de junho somavam US$ 18,1 bilhões, sem incluir os aviões solicitados pela Trans States Holdings.


Fonte: EFE via Exame

Comentários

Postagens mais visitadas