Base Aérea de Fortaleza monta esquema de segurança e apóia defesa aérea

Unidade mobilizou mais de 500 militares para a segurança das autoridades, comitivas e aeronaves brasileiras e estrangeiras


Mais de 500 militares da Base Aérea de Fortaleza (BAFZ) participaram das ações de segurança e defesa aérea e terrestre da VI Cúpula do BRICS, que se reuniu na segunda e terça-feira (14/07 e 15/07) em Fortaleza (CE). O esquema teve o objetivo de assegurar a integridade física das autoridades durante os embarques e desembarques na BAFZ, além de garantir a segurança de aeronaves brasileiras e estrangeiras.
 
Chefes de Estado e de Governo do Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul participaram de reuniões com presidentes dos Bancos Centrais, além do encontro do Conselho Empresarial dos BRICS.

Nesse período, aeronaves de caça A-29 Super Tucano do Segundo Esquadrão do Quinto Grupo de Aviação da Força Aérea Brasileira estiveram em alerta na Base Aérea de Fortaleza para defesa do espaço aéreo.

Em solo, a BAFZ garantiu a segurança das aeronaves e autoridades por meio de um pelotão de Controle de Distúrbios Civis, responsável pela garantia da lei e da ordem; um grupo de combate de Medidas e Controle de Solo, para ação tática de policiamento do espaço aéreo; e dois pelotões de segurança, responsáveis pelo policiamento, trânsito e segurança na chegada de autoridades e comitivas.



Segundo o Comandante da BAFZ, Tenente-Coronel Aviador Francisco Claudio Gomes Sampaio, a segurança é reforçada em eventos como esse. “Esse trabalho de segurança e defesa já é realizado diuturnamente, mas durante a Cúpula dos BRICS, estamos dando atenção a locais específicos”, disse.

Comentários

Postagens mais visitadas