Esquadrilha da Fumaça: Missão em Santa Maria abrange treinos operacionais e logísticos, palestras e visita social


Durante o período de 1º a 6 de junho, a equipe da Esquadrilha da Fumaça participou da missão realizada na Base Aérea de Santa Maria (RS), que englobou treinamentos aéreos e logísticos, palestras e visita social. O Comandante do Esquadrão, Tenente-Coronel Marcelo Gobett Cardoso, explicou que foram realizadas “avaliações na pista operacional da Base para checar o desempenho da aeronave A-29 Super Tucano em condições de baixa temperatura e altitude”.

As operações compreenderam voos isolados de avaliação, voos de manutenção operacional e de treinamento em rota. Segundo o Chefe da Seção de Material, Major Especialista em Aviões Márcio Aparecido Tonisso, "foi muito proveitosa a experiência de promover um deslocamento, pois contribuiu para mensurar os equipamentos de apoio, suplementos e ferramentas para a efetivação de uma missão fora de sede, bem como verificar a quantidade de mecânicos necessários para a realização das atividades de manutenção para a missão da Esquadrilha".

Palestras

Com o objetivo de divulgar o trabalho realizado pela Esquadrilha da Fumaça, o Capitão Aviador José de Almeida Pimentel Neto apresentou palestra sobre a instituição para 140 militares da Base Aérea de Canoas. Segundo o piloto, "os militares se interessaram bastante pela história da Fumaça. Além disso, vários se surpreenderam ao saber que ainda possuem a idade permitida para tentar o concurso da Academia da Força Aérea com o objetivo de seguir a carreira de piloto".

Outra instituição que também teve a oportunidade de assistir à palestra sobre a Esquadrilha foi o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-Rio-Grandense, localizado no Campus de Pelotas (RS). A apresentação foi realizada pelo Major Aviador Ubirajara Pereira Costa Júnior para 300 espectadores, entre estudantes universitários e professores.

Visita social


Oito Oficiais da Fumaça visitaram o Centro de Apoio à Criança com Câncer (CACC), em Santa Maria, na tarde do dia 5 de junho. A presidente do Centro, Marli Tarrago, comentou: “não tem iniciativa melhor que pague essa presença de vocês aqui no Centro, pois movimentou o dia a dia das crianças ao conversarem e brincarem com elas”. Com a alegria estampada no rosto, Franciele Vieira, de 8 anos, comentou como adorou a presença do grupo na casa. “Não sabia que eles podiam me divertir tanto. Eu adorei vê-los de perto. Agora farei questão de ver as manobras que eles fazem com seus aviões”.

Desde 1996, o CACC ampara crianças e adolescentes carentes, portadores de câncer, na faixa etária de 0 a 21 anos. A vice-presidente, Dânia Oliveira, explica que há várias formas de ajudar o Centro. “Basta nos fazer uma visita para apresentarmos o trabalho realizado aqui e podermos contar com o apoio de mais voluntários”. Ela ressalta que, quando as crianças estão na casa, significa que não estão com imunidade baixa e podem receber visitas. “Ter um encontro como esse de hoje é muito bom para divulgar nosso trabalho, pois isso vai nos ajudar bastante a tornar o cotidiano das crianças diferente e alegre”.




Fumaça realiza treinamentos na Base Aérea de Santa Maria
Equipe da Fumaça em reunião no Esquadrão Centauro na Base Aérea de Santa Maria
Equipe da Fumaça visita o Centro de Apoio à Criança com Câncer em Santa Maria


Fonte: EDA
Fotos: Ten Cocate

Comentários

Postagens mais visitadas