Caça Rafale rompe barreira do som para auxiliar avião comercial


Um caça Dassault Rafale causou surpresa e incerteza neste domingo (4) no sudoeste da França ao quebrar a barreira do som para auxiliar um avião comercial que cobria a rota Washington-Roma e tinha o sistema de rádio em pane.

O serviço de informação da Aeronáutica da França explicou que um Rafale da base de Mont-de-Marsan, no sudoeste do país, gerou confusão entre a população ao superar a barreira do som e causar um estrondo para auxiliar o Boeing com o sistema de comunicação danificado, um tipo de assistência que, segundo a fonte, é relativamente frequente.

Embora o caça Rafale estivesse a cerca de 10 mil metros do solo no momento em que superou a barreira do som, a altura parece não ter sido suficiente para impedir que o barulho parecido com o de uma explosão ecoasse por dezenas de quilômetros, desde a região de Bordeaux até Rochelle, segundo os testemunhos recolhidos pelos bombeiros.


Segundo a Armée de l'Air, o caça se posicionou - de acordo com os protocolos estabelecidos para estas operações - no lado esquerdo do avião de linha, que entrou no espaço aéreo francês ao sul de Nantes, até ter sua comunicação de rádio restabelecida e ter retomado sua rota, da qual já havia se afastado.

As intervenções dos caças franceses para emprestar assistência a aviões de linha com algum problema, de acordo com a fonte, é uma operação considerada comum e não costuma relatar incidentes.



Fonte: EFE

Comentários

Postagens mais visitadas