Embraer exportou 16,4% menos em 2013


As vendas externas da fabricante brasileira de aeronaves somaram US$ 4,136 bilhões
A empresa está na sétima posição entre os maiores exportadores nacionais. (Imagem: Divulgação)
 São Paulo - Apesar do forte número de entregas de aeronaves entre outubro e dezembro do ano passado, a Embraer encerrou 2013 com uma queda de 16,46% no volume consolidado de exportações, na comparação com o reportado em 2012.

Dados divulgados pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) nesta sexta-feira, 17, apontam que as vendas externas da fabricante brasileira de aeronaves somaram US$ 4,136 bilhões (preço FOB) ao longo do ano.

O montante a colocou na sétima posição entre os maiores exportadores nacionais, com participação de 1,71%. A companhia perdeu três posições em relação ao ranking de 2012, quando as exportações da Embraer totalizaram US$ 4,951 bilhões (2,04% do total).

Somente em dezembro, as exportações atingiram US$ 824,9 milhões, montante 25,6% superior ao reportado em igual mês do ano anterior e que correspondeu a 3,33% dos embarques brasileiros do período.

Na última quarta-feira, 15, a Embraer informou que entregou no ano passado 90 jatos comerciais e 119 executivos. No quarto trimestre de 2013 foram 85 unidades, das quais 32 comerciais e 53 executivas. Após registrar baixo volume de entregas no terceiro trimestre, a companhia havia informado que o ritmo seria mais acelerado nos últimos meses do ano.



Fonte: Estadão via Exame

Comentários

Postagens mais visitadas