Airbus espera vender de 65 a 70 helicópteros na America Latina

Divisão de helicópteros do grupo europeu espera receber neste ano encomendas da América Latina de 65 a 70 aeronaves

Executivo-chefe da divisão de helicópteros da Airbus, Guillaume Faury
Executivo-chefe da divisão de helicópteros da Airbus, Guillaume Faury: número é acima das 55 unidades vendidas em 2013. (Charles Platiau/Reuters)

Paris - A divisão de helicópteros do grupo europeu Airbus espera receber neste ano encomendas da América Latina de 65 a 70 aeronaves, número bem acima das 55 de 2013, e considera que o peso relativo da região em seus negócios crescerá nos próximos anos.
 
O vice-presidente de vendas para a América Latina da Airbus Helicópteros, Mesrob Karalekian, destacou nesta terça-feira que lhe parece "muito factível" que a região passe a representar 20% da atividade da empresa "de três a cinco anos".

Karalekian, em entrevista à imprensa durante a apresentação dos resultados comerciais de Airbus Helicópteros em Paris, lembrou que a América Latina representou cerca de 15% das encomendas totais da companhia em 2013 (que em números líquidos haviam sido 422 aparelhos).

No que se refere às entregas, a Airbus pôs em mãos de seus clientes na América Latina entre 65 e 70 helicópteros no ano passado.

O vice-presidente de vendas para a região destacou que já há 100 helicópteros Super Puma operando na América Latina, e que entre 50 e 60 estão prestes a entrar em atividade.

Também fez notar que os Super Puma encarregados pelo Brasil se estão montando na fábrica que a Airbus Helicópteros tem no país, onde seu elenco atualmente é de cerca de 850 pessoas.

A divisão de helicópteros do gigante europeu também está implantada no México e no Chile. No total, cerca de 1.300 empregados trabalham para a empresa na América Latina. 



Fonte: EFE via Exame

Comentários

Postagens mais visitadas