Avião atolado é retirado da pista do aeroporto de Uberlândia

Aeronave foi retirada na madrugada deste domingo (15).
Mais de 90 passageiros ficaram dentro da aeronave; ninguém ficou ferido.


Mais de 90 passageiros estavam no avião (Foto: Leander Oliveira/G1)
A aeronave que derrapou e atolou no aeroporto Tenente Coronel Aviador César Bombonato, em Uberlândia, foi retirada da pista por volta das 5h40 deste domingo (15). O incidente ocorreu na noite deste sábado (14) e mais de 90 passageiros estavam dentro do Embraer 195, que operava o voo AD 6913 da Azul. Ninguém ficou ferido.

O superintendente do aeroporto, Sérgio Kennedy, informou ao G1 nesta manhã que o trabalho para retirar o avião ocorreu com a ajuda de profissionais da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), da Azul, Prefeitura de Uberlândia e Corpo de Bombeiros. Segundo ele, mais de 30 pessoas ajudaram no processo.

Ainda de acordo com Kennedy, o aeroporto está funcionando normalmente e do ocorrido até o momento da retirada do avião foram cancelados dois voos.

Os passageiros foram desembarcados cerca de 30 minutos após o incidente. “No primeiro momento, quase ninguém notou que o avião não ia parar. Foi algo assim, sem desespero, nem nada. Algumas pessoas ficaram mais nervosas do que outras, mas foi normal. Só quando o piloto comunicou, pediu desculpas porque em função da chuva não conseguiu parar, percebemos a gravidade da situação”, disse o professor Wesley Batista Araújo.

O avião partiu de Campinas, do Aeroporto Internacional de Viracopos, e desembarcou em Uberlândia por volta das 19h45. O superintendente também destacou a presença de uma equipe do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), de Brasília, na cidade.

Por meio de nota, a assessoria de imprensa da Azul informou que na aeronave estavam 93 clientes e cinco tripulantes. Ninguém ficou ferido e todos receberam atenção por parte da companhia. Ainda segundo a nota, o avião ultrapassou o limite final da pista e parou em uma área gramada no final da cabeceira.

A Azul também informou que o voo seguinte, AD 6914, que operaria a etapa Uberlândia - Campinas foi cancelado em consequência deste incidente. Igualmente, os clientes afetados estão recebendo apoio da empresa, segundo a Resolução 141 da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Uma equipe técnica da companhia foi deslocada para Uberlândia, onde fará a avaliação da aeronave e remoção da mesma do local. Acompanhe aqui a situação do aeroporto da cidade.


Fonte: G1

Comentários

Postagens mais visitadas