Colômbia acusa Rússia de violação do espaço aéreo


O presidente colombiano, Juan Manuel Santos, disse que pretende enviar nota de protesto para Moscou, devido ao fato de que dois bombardeiros estratégicos russos tinham violado o espaço aéreo do país. O incidente ocorreu na sexta-feira passada.

De acordo com Santos, as aeronaves Tu-160, sem prévia autorização, realizaram voos sob a Colômbia depois de decolar do aeródromo da Venezuela.

De acordo com o Departamento de Imprensa e Informação do Ministério da Defesa da Rússia, as tripulações dos dois bombardeiros estratégicos operaram de acordo com o plano de treinamento de combate de longo alcance.

Comentários

Postagens mais visitadas