Conhecendo os integrantes da Fumaça – EDA tem seu primeiro Especialista em Sistemas de Informação


Trabalhar na Esquadrilha da Fumaça como Técnico em Informática é uma das possibilidades que a Força Aérea Brasileira (FAB) possibilita para os profissionais dessa área. O Terceiro Sargento Rafael Natanael Pires é o primeiro Especialista em Sistemas de Informação (SIN) da história do Esquadrão. Mas, para ingressar na Fumaça, ele seguiu um caminho longo que será explicado neste texto para que os interessados possam compreender sua trajetória profissional.

Após se formar em Técnico em Informática, o 3S SIN Pires, admirador da carreira militar, percebeu que havia a oportunidade de unir suas duas paixões: a Informática e a carreira militar. Em janeiro de 2011, ele foi aprovado no concorrido concurso da Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR), em Guaratinguetá (SP), para cursar o Estágio de Adaptação à Graduação de Sargento, seguindo sua especialidade. No curso com duração de seis meses, ele teve aulas de doutrina militar, regulamentos da carreira, atividades de campo, além de disciplinas voltadas para Informática. Na última semana do curso, o aluno escolhe a vaga para qual pretende ir e, como sua nota foi a mais alta entre seus concorrentes, ele pode selecionar a Academia da Força Aérea (AFA), em Pirassununga/SP, local para onde ele desejava ir por ser sua terra natal.

Após trabalhar um ano na Seção de Manutenção de Informática da AFA, a Esquadrilha da Fumaça, pela primeira vez, abriu uma vaga para Sargento Especialista em Sistemas de Informação. Pires apresentou o currículo e foi aprovado pelo Conselho Operacional, em setembro de 2012, realizando o sonho de ingressar em um Esquadrão que, desde criança, acompanhou “as manobras emocionantes no céu da cidade”, destacou.

“No Esquadrão, tenho a oportunidade de trabalhar com atividades da Tecnologia da Informação (TI), como gerência de rede local; sou responsável pelas partes física e lógica dos equipamentos, por algumas contribuições para a programação de páginas da Web, além de enriquecer meus conhecimentos em cursos e palestras da área”, acrescentou Pires.

Três foram os momentos marcantes que ele já passou durante seu primeiro ano de trabalho na Esquadrilha: voo de missão na aeronave T-27 Tucano, pilotada pelo Capitão Aviador Murillo Nagib de Oliveira Boery; voo de missão na aeronave A-29, pilotada pelo saudoso Capitão Aviador Fabrício Carvalho; e participação do importante dia da chegada do primeiro avião Super Tucano ao Esquadrão. “Foram momentos únicos poder voar com a Esquadrilha da Fumaça nessas duas aeronaves. E me senti fazendo parte da história da Fumaça quando presenciei o primeiro A-29 chegando ao nosso hangar”.

Para outras informações sobre os concursos da Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR), acesse o site: www.eear.aer.mil.br.





3S SIN Pires em seu primeiro voo na Esquadrilha da Fumaça


Fonte: EDA
Fotos: Ten Cocate

Comentários

Postagens mais visitadas