Ministro se reunirá com aéreas para discutir custos

"Não adianta ter uma infraestrutura de alta qualidade se não tivermos companhias aéreas saudáveis", disse autoridade da Secretaria de Aviação Civil


São Paulo - O ministro da Secretaria de Aviação Civil (SAC), Wellington Moreira Franco, informou, nesta segunda-feira, 12, que se reunirá, na próxima semana, com as quatro maiores companhias aéreas do País - Gol, TAM, Azul e Avianca - para discutir a atual situação financeira das empresas do setor. O ministro, no entanto, não detalhou quais pontos serão debatidos.



"Não adianta ter uma infraestrutura de alta qualidade se não tivermos companhias aéreas saudáveis", disse Moreira Franco durante palestra na capital paulista. As duas maiores empresas do setor, Gol e TAM, registram sucessivos trimestres de prejuízo. As empresas aéreas brasileiras também sofrem com aumentos no custo de combustível e com a variação do câmbio.

O ministro contou que, no encontro, as companhias aéreas farão um diagnóstico do setor e darão sugestões para melhorar suas situações financeiras. Perguntado sobre se um eventual adiamento do leilão do trem-bala teria impacto sobre as concessões dos aeroportos de Galeão (RJ) e de Confins (MG), Moreira Franco respondeu apenas que não. O leilão do Trem de Alta Velocidade (TAV) está marcado para 19 de setembro, com entrega de envelopes programada para a próxima sexta-feira, 16.


Fonte: EXAME

Comentários

Moreira Franco é politíco profissional, só fala besteira dos aeroportos, que são ruins, espaço aéreo, mal dimensionados, governo sócios com 60% das aéreas, falta espaço em solo, falta ILS III. É uma fartura.

Postagens mais visitadas