BUSCA E RESGATE – Equipe de operações especiais treina no deserto na Angel Thunder

 



A equipe de operações especiais da Força Aérea Brasileira treinou, nesta segunda-feira (08/04), sobrevivência e evasão no deserto no exercício Angel Thunder. Os militares brasileiros do Esquadrão Aeroterrestre de Salvamento (EAS) - o PARASAR, do Esquadrão Pelicano (2º/10º GAV) e do Esquadrão Puma (3º/8º GAV) atuaram em conjunto com militares dos Estados Unidos, da Alemanha, do Reino Unido e da Dinamarca.

O exercício, organizado pela Força Aérea Americana (USAF), reúne dois mil militares de diversos países. A comitiva da FAB é composta por 43 militares. Divididos em cinco equipes, eles participam das células de intercâmbio, comando e controle (C2), operações especiais, tripulantes e manutenção.
No mesmo dia, os militares dos esquadrões de helicóptero (1º/8º GAV, 2º/10º GAV, 3º/8º GAV, 5º/8º GAV e 7º/8º GAV), integrantes da equipe de comando e controle, iniciaram o curso Joint Personnel Recovery for Commanders & Staff (na tradução livre: recuperação conjunta de pessoal para comandantes e assessores). Ministrado pela Joint Personnal Recovery Agency, o curso realizado nas instalações do 55th Squadron (Esquadrão Night Hawk) termina no dia 10 abril.

As equipes de tripulantes e de manutenção, composta por militares dos esquadrões Gordo (1º/1º GT) e Coral 1º/1º GTT participam de missões de lançamento de paraquedistas.

Intercâmbio - Os militares dos esquadrões 2º/8º GAV, do 3º/3º GAV e do 5º/8º GAV conheceram as unidades americanas que operam as aeronaves H-64 Apache, A-10 Thunderbolt e HH-60G Pave Hawk.


Fonte: FAB na Angel Thunder

Comentários

Postagens mais visitadas