EADS diz que Espanha pode vender fatia de 1,15%

País planeja vender participação no grupo aeroespacial europeu numa operação que deve envolver cerca de € 400 milhões



EADS: modelos de aeronaves no estande da empresa durante feira em Berlim
EADS: manobra vai permitir à Espanha aproveitar uma valorização de 39% no preço das ações da companhia desde o início do ano(REUTERS / Tobias Schwarz)
Amsterdã - A Espanha planeja vender 1,15 por cento de participação no grupo aeroespacial europeu EADS, numa operação que deve envolver cerca de 400 milhões de euros a preços atuais, informou a companhia nesta quarta-feira.

A Espanha está reduzindo sua participação principal para 4 por cento, a partir de mais de 5 por cento, como parte de um acordo com a França e a Alemanha para simplificar o maior grupo aeroespacial da Europa.

Era esperado que o país colocasse as ações excedentes dentro de uma fundação criada para manter as participações nacionais sob as regras holandesas de aquisições, mas a EADS disse aos acionistas que se juntam para a adoção da nova estrutura que a Espanha seria autorizada a vender antes do que o esperado.

A manobra vai permitir à Espanha aproveitar uma valorização de 39 por cento no preço das ações da EADS desde o início do ano, ajudando a impulsionar as finanças do país, severamente combalidas pela crise financeira na Europa.

A EADS disse que a Espanha obteve aprovação para vender as ações em meio à adoção formal da nova estrutura, que por enquanto é esperada para acontecer entre a próxima semana e 9 de abril.



Fonte: Exame 

Comentários

Postagens mais visitadas