Passageiros reduzem procura por voos pela primeira vez em quase quatro anos

 
Pela primeira vez em quase quatro anos, a demanda por voos nacionais caiu. Dados da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) revelam que o número de passageiros transportados por quilômetro em rotas domésticas, no Brasil, ficou 1,04% menor em janeiro na comparação com há um ano.
 
Essa foi a primeira queda mensal registrada em 43 meses (três anos e sete meses). Para meses de janeiro, inclusive, a diminuição foi a primeira desde 2003. As companhias aéreas reagiram à queda da demanda cortando o número de voos. De acordo com a Anac, a oferta de voos domésticos caiu 6,87% em janeiro também em comparação com o mesmo mês de 2012, a primeira queda para o mês desde 2005.
 
Essa queda na oferta, maior que a procura dos passageiros, explica o porquê da alta na taxa de ocupação de assentos em janeiro. No mês passado, 79,39% dos assentos oferecidos foram vendidos, contra 74,71% no mesmo mês de 2012.
 
Ranking
 
As companhias aéreas Avianca e Trip apresentaram as maiores taxas de crescimento da demanda doméstica em janeiro deste ano, de acordo com os números apresentados pela Anac.
 
A Avianca teve alta de 33,74% e a Trip cresceu 29,09%. A Avianca ampliou a sua participação no mercado doméstico de 4,64%, em janeiro do ano passado, para 6,27%, em janeiro deste ano. A Trip saltou de 4,07%, em janeiro do ano passado, para 5,31%, em janeiro deste ano.
 
Voos internacionais
 
O balanço da Agência de Aviação destaca, ainda, que a demanda do transporte aéreo internacional de passageiros das empresas aéreas brasileiras teve crescimento de 9,56% em janeiro em relação a janeiro do ano passado.
 
A oferta internacional registrou aumento de 20,39% no mesmo comparativo. Os níveis de demanda e de oferta são os maiores desde o início da série histórica, em 2000, ressalta a agência reguladora.
 
A taxa de ocupação dos voos internacionais operados por empresas brasileiras alcançou 76,93% em janeiro, contra 84,53% em janeiro de 2012. No segmento, o melhor aproveitamento no mês passado foi alcançado pelo Grupo TAM, com 78,86%.
 
A companhia aérea Gol, por sua vez, alcançou aproveitamento de 65,90%. A Anac destaca que essas duas empresas representaram a totalidade das operações de empresas brasileiras no transporte aéreo internacional em janeiro de 2013, sendo que o Grupo TAM obteve fatia de 87,23% e a Gol, de 12,77%.
 
 
Fonte: SAESP

Comentários

Postagens mais visitadas