Corpos de piloto e passageiro de monomotor são resgatados

Foto mostra pequeno ponto de luz à esquerda e ampliado no destaque. (Foto: Polícia Militar)Foto mostra pequeno ponto de luz à esquerda e ampliado no destaque. (Foto: Polícia Militar)



Os corpos do piloto e do passageiro do avião monomotor RV-7 que havia desaparecido na segunda-feira (28) após decolar de Ubatuba (SP) com destino a Rio Claro (SP), estão sendo resgatados na manhã deste sábado (2). Os corpos foram encontrados na tarde desta sexta-feira (1º) junto com destroços do aparelho após quatro dias de buscas. Segundo o Centro de Comunicação da Aeronáutica, o mau tempo e a mata fechada dificultam o trabalho de resgate dos corpos. A expectativa é de que o tempo colabore e que o resgate possa ser realizado ainda durante a manhã.

A operação será feita utilizando um helicóptero H-60 BlackHawk e os militares descerão por cordas, fazendo rapel. Após resgatados, os corpos do piloto Diego Perez e do passageiro Marcos Teixeira Barros serão levados para o IML de São José dos Campos (SP). A Aeronáutica ainda não confirmou se os destroços do avião serão retirados da mata. Como se trata de uma aeronave de pequeno porte, do tipo experimental, a Polícia Civil deverá ficar responsável pela investigação.

Segundo o Centro de Comunicação da Aeronáutica, o monomotor foi encontrado em uma região de mata fechada na Serra da Mantiqueira a aproximadamente quatro quilômetros a sudeste do distrito de Monte Verde, em Camanducaia (MG), próximo à divisa com o Estado de São Paulo.




Dificuldade nas buscas

Durante os quatro dias de buscas ao monomotor, as equipes de resgate enfrentaram muitas dificuldades devido às condições climáticas do local. Como a região é de serra e apresenta muito neblina, as aeronaves da FAB não conseguiam se aproximar dos ponto onde o último sinal de radar foi captado.

As equipes de resgate conseguiram chegar até o local depois que um tenente da Polícia Militar registrou uma foto a mais de dois mil metros de altitude de cima de um ponto da Serra da Mantiqueira, onde foi possível ver um ponto de luz em meio à mata fechada. Usando recursos de computador, as equipes aproximaram a imagem e conseguiram descobrir que poderia se tratar do avião, o que foi confirmado pelas equipes da Força Aérea Brasileira (FAB) nesta sexta-feira.

Na manhã desta sexta-feira, foi feito um voo panorâmico no local, mas devido ao mau tempo nada foi localizado. Horas depois, o helicóptero da FAB retornou ao local onde a fotografia feita pela Polícia Militar registrou o ponto de luz e desta vez conseguiu avistar e confirmar que realmente se tratava do monomotor.


Destroços de monomotor foram encontrados em meio à mata. (Foto: Esquadrão Pelicano / FAB)
Destroços de monomotor foram encontrados em meio à mata. (Foto: Esquadrão Pelicano / FAB)

Comentários

Postagens mais visitadas