Governo promete anunciar até julho novo caça da FAB

Americanos fazem propostas para vencer a licitação avaliada em US$ 6 bilhões 

Agência Estado


A presidente Dilma Rousseff está disposta a anunciar até julho a decisão do governo sobre a compra de aviões de caça para a FAB (Força Aérea Brasileira). O negócio é avaliado em US$ 6 bilhões e envolve 36 aeronaves. O processo está sendo analisado no Palácio do Planalto.
Dos três modelos estudados, o F/A-18 Super Hornet, da americana Boeing, é considerado a melhor máquina de guerra entre os oficiais da Aeronáutica. O preço final dele é intermediário, acima da proposta de US$ 4 bilhões da sueca Saab para o Gripen NG e abaixo dos US$ 6,2 bilhões da oferta da francesa Dassault para o moderno Rafale.
A presidente Dilma quer saber se a transferência de tecnologia garantida pela Boeing é suficiente para atender a expectativa da indústria aeroespacial. Tanto a secretária de Estado Hillary Clinton, em carta, quanto o presidente Barack Obama, em telefonema ao ex-presidente Lula, deram aval à transferência.
Os americanos assumiram ainda o compromisso de cobrir os custos para treinar a Embraer no programa do Super Hornet. Eles também renovaram o acordo formal de pagar 5% sobre o valor do contrato cada vez que a abertura de tecnologia não for cumprida.
A fabricante francesa Dassault foi mais discreta e apenas reuniu 140 empresários de São José dos Campos para detalhar o seu método de transferência de tecnologia. O método da Dessault é o único que garante a transferência irrestrita e sob o comando da FAB.
Fonte: O Estado de S. Paulo.

Comentários

Postagens mais visitadas